Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]


...

por Believe, em 30.10.13

  Mais um dia, nem sei o que dizer (acreditem que vindo de mim é estranho, eu tenho sempre coisas para dizer), estes dias têm sido ainda mais dificeis do que os anteriores. O F. já tomou uma decisão e nem sequer quer ver-me quando for agora a Portugal fazer o exame, estava com imensas esperanças de pelo menos nos dias em que lá fosse eu esquecesse tudo o que se tem passado mas pelos vistos ainda vai ser pior. Ele é da localidade para onde fui estudar portanto todos os sítios por onde eu passar vão ser recordações. Odeio sentir-me assim, sinto-me culpada das coisas e não consigo abstrair-me de nada, passo a maioria do tempo sozinha aqui e os pensamentos consomem-me na grande parte dos dias. 

  No dia em que ele me disse que não queria ver-me, agora na minha ida a Portugal, porque achava que eu ia ficar com esperanças e que ele prefere estar como está agora, eu senti tanta raiva (não dele, da situação porque percebi que tinha mesmo acabado). Nestes longos tempos que tenho esperando apesar de magoada eu tinha esperança de que ele decidisse perdoar-me. Só quero ser forte, acreditem, mas é complicado estar noutro país, passar a maioria dos dias em casa e depois ainda acontecer isto. Ele não era só meu namorado, era o meu melhor amigo e eu não consigo falar com ele porque para ele as coisas são tão normais que me magoa falar. É verdade que me magoa ainda mais vê-lo por aqui e não falarmos mas no momento em que ele disse que não queria estar comigo eu decidi que tinha de ser forte e me afastar. Isto porque apesar de ele não ter uma decisão para mim nós falávamos diariamente, só que isso dava-me tantas e tantas esperanças. Agora sinceramente não sei o que fazer, alias eu não posso fazer nada, tenho que tentar ser forte e ultrapassar isto. Pelo menos vou ter as minhas amigas quando chegar mas tenho a certeza que vou acabar por me cruzar com ele, aquilo é um meio pequeno e ele vai a todas as festas académicas, acho que vai ser pior o choque de entrar numa festa e o ver do que se combinássemos conversar. Mas foi a decisão dele e eu só tenho que aceitar apesar de estar a sofrer como nunca estive.Por um lado custa-me imenso vir aqui escrever o que estou a sentir (as lágrimas escorrem-me pelo rosto enquanto escrevo cada palavra) mas por outro lado eu já tenho estes pensamentos constantemente enquanto os escrevo é como se os estivesse a libertar. Costumam dizer que com o passar dos dias doi menos a mim só tem doido mais, é como se a cada novo dia eu caísse ainda mais na realidade de ter acabado para sempre. 

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor


Facebook







Calendário

Outubro 2013

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031

Mensagens